Tags

, ,

Calor, não existia outra sensação, não estava confuso nem assustado, não estava calmo também, só havia calor. A temperatura sobe cada vez mais enquanto a pequena nave vermelha e branca treme ao atravessar a barreira delimitante do que é vazio absoluto e do tudo a sua frente. Dor, voraz ao alcançar o solo arenoso bruscamente, mas passou rápido, tudo passou rápido, inclusive o estado normal de sua consciência, desmaia. Em sua mente, divagações ainda giram em torno do que havia se tornado, sonhava em ser um aventureiro, um contemplador da sensação primordial, no presente, caído em um deserto desconhecido, questionava-se quanto a validade de suas observações cósmicas, agora que estava em terra firme…

Martelar em sua cabeça as regras do apogeu espacial o fará sair do planeta empoeirado?

Que tal acordar e ver o que está a sua volta?

Arthur Marques

Anúncios